Páginas

quarta-feira, 25 de julho de 2012

Meu Coração é Todo Seu-Sentindo Saudades-1x8


Escola Caio Fernando Abreu,09h30min
(Carla) Oi amor. Tudo bem?
(Luciano) Não me chame mais de amor.
(Carla) Por que?
(Luciano) Não somos mais namorados.
(Carla) Mas ainda se amamos.
(Luciano) Você me ama.
(Carla) Exatamente.
(Luciano) Mas eu não te amo mais.
(Carla) Sei que ainda me ama.
(Luciano) Está enganada.
  Giovana fala com Luciano.
(Giovana) Ela não desiste??
(Luciano) Não.
(Giovana) Eu sei como fazer ela desistir.
(Luciano) Como?
(Giovana) Dê mais uma chance para ela.
(Luciano) Sem chance.
(Giovana) Por que vocês terminaram mesmo?
(Luciano) Ela é muito grudenta,não gosto de garotas assim.
(Giovana) Eu tenho outra ideia.
(Luciano) Fale.
  Escola Caio Fernando Abreu,10h20min.
(Carla) Pare um pouco de copiar e me escute.
(Antônia) Fala.
(Carla) Não tem jeito,o Luciano não quer voltar comigo.
(Antônia) Pressione ele mais.
(Carla) Eu não sei mais o quê fazer.
(Antônia) Só não desista.
(Carla) Nunca. Como vai o trabalho?
(Antônia) Tentando me acostumar. O chefe é chato.
(Carla) È o Cristiano Nunes né?
(Antônia) Aham,conhece ele?
(Carla) Claro,é muito conhecido.
(Antônia) Pois é.
  Clínica do Dr. Carlos Santana,10h36min.
(Joana) Vim ver se você está bem.
(Carlos) Estou bem. Tirou uma folga do trabalho?
(Joana) Aham,tenho mais alguns minutos.
(Carlos) A Manoela tá legal nesses últimos dias né?
(Joana) Ela tá mudada.
(Carlos) Que bom.
(Joana) Muitos pacientes hoje?
(Carlos) Não muitos.
(Joana) Tá,vou indo.
(Carlos) Tchau.
  Os dois dão um selinho e Joana volta ao seu trabalho.
  Escritório de Danilo,10h54min.
(Luana) Decidi dar uma passadinha aqui.
(Amanda) Ele não se encontra.
(Luana) Aonde ele está?
(Amanda) Foi no escritório de um amigo.
(Luana) Entendo.
(Amanda) Pode confiar nele. O Sr. Danilo é um ótimo advogado.
(Luana) Eu confio nele.
  Ruas da Lapa,11h27min.
(Júlia) Me acha bonita mesmo Felipe?
(Felipe) Claro,você é linda.
(Júlia) Obrigada. Você também é bonito.
(Felipe) Sou um pouco só. HeHe.
(Júlia) Humilde.
(Felipe) È a opinião das pessoas.
(Júlia) Sei.
  Metros distantes,Serginho fica atento a conversa.
(Serginho) Esse Felipe tem muita sorte.
(Paulo Potência) Não sei o porquê.
(Serginho) Como não sabe? Ele é o orgulho da Lapa.
(Paulo Potência) Eu não tenho orgulho dele.
(Serginho) Ele salvou muitas pessoas naquela noite.
(Paulo Potência) Eu nunca acreditei nessa história.
(Serginho) Mas não se lembra?
(Paulo Potência) Claro que me lembro. Eu não acredito que ele tenha salvo as pessoas.
  Oficina de Daniel,14h10min.
(Everton Darlei) È Seu Daniel,o mundo está mudado.
(Daniel) Muita frescura desses jovens loucos.
(Everton Darlei) Aham.
(Daniel) Todos uns vagabundos que só querem saber de se drogas e comer xina.
(Everton Darlei) Na verdade,esses jovens tem muita mordomia. Meu pai me criou sem mordomia,precisando se virar sozinho desde cedo.
(Daniel) O Seu Osvaldo era um grande homem. Ele o criou como deve ser,ensinando a ser um homem de verdade.
(Everton Darlei) Eu não concordava no começo,mas depois fiquei agradecido.
(Daniel) Todos deveriam seguir o exemplo do seu pai. Eu quero que a Rayanna aprenda como a vida é,mas a Rosane dá muita mordomia pra guria.
(Everton Darlei) A mãe sempre mima a filha. Isso é de natureza.
  Ruas da Lapa,14h33min.
(Alicinha) Como vai Dona Cleusa?
(Cleuza) Bem minha filha e você?
(Alicinha) Estou bem.
(Cleuza) Sossegou o facho?
(Alicinha) Ai Dona Cleuza.
(Cleuza) Você tem fogo no rabo filha.
(Alicinha) Nossa,olha o que pensa de mim.
(Cleuza) Você anda com um monte de rapazes por aí.
(Alicinha) È que meu amor é muito grande.
(Cleuza) Pelo jeito que vai,a sua vagina que é muito grande.
(Alicinha) Acho que não é a minha...
(Cleuza) HaHa. Tem razão.
  Casa de Aristides,15h26min.
(Aristides) Obrigada por vim me ajudar filha.
(Mônica) È um prazer ajudar.
(Aristides) Você é perfeita.
(Mônica) Obrigada.
(Aristides) Não gosta de um coroa ainda ativo?
(Mônica) Nossa,Seu Aristides.
(Aristides) A pipa ainda sobe.
  Conversa pelo telefone,17h41min.
(Danilo) Esteve aqui hoje?
(Luana) Aham,por volta das onze da manhã.
(Danilo) Eu estava no escritório de um amigo.
(Luana) A Amanda me falou.
(Danilo) Queria falar comigo?
(Luana) Na verdade é... que eu...
(Danilo) Estava com saudades?
(Luana) È.
(Danilo) Posso ir na sua casa?
(Luana) Claro. Pode vim.
  Luana está gostando de Danilo.

Escrito por: Rodrigo Naressi

Sem comentários:

Enviar um comentário